02 dezembro, 2016

Be Zen | Sê a mudança que queres ver no mundo

[Imagem retirada daqui]

"Sê a mudança que queres ver no mundo."
[Mestre Gandhi]

Antes de queremos mudar o mundo que nos rodeia, devemos, primeiro, ser o exemplo dessa mudança. Antes de querermos tornar o mundo num lugar com mais luz e amor, devemos aprender a reacender essa luz dentro de nós e redescobrir esse amor no nosso coração. Para que o mundo vibre numa energia mais positiva, temos de emanar essa energia. E mesmo que sejamos poucos, muito poucos, a fazer da bondade e do amor incondicional o caminho, acreditem que esse pouco já é muito. Quando o nosso coração se abre, sem medo, sem preconceitos, sem julgamentos, a vida também se abre perante os nossos olhos. Infelizmente, o mundo dificilmente será um lugar perfeito. Mesmo assim, não devemos desistir dessa missão de, pelo menos, tentar mudar um pouco o mundo que nos rodeia.

Tomar consciência do mal que fazemos ao nosso planeta, à nossa Terra que tão generosa é para connosco, e mudar pequenos hábitos já é meio caminho andado. Aprender a não julgar os outros, a não fazer mal, a não deixar que nos façam mal, a abrir o coração e a influenciar tomadas de consciência já é algo que poderá dar frutos. Sejamos o exemplo, não o exemplo do ego, mas o exemplo do coração compassivo, bondoso, atento, consciente.




#

30 novembro, 2016

Gratitude | Novembro

[Ilustração de Anne Soline]
E chegou ao fim mais um mês. Amanhã já é Dezembro e não poderia acabar este mês sem fazer a minha reflexão de gratidão por tudo o que Novembro me trouxe. Assim sendo:

❇ Sou grata pelos dias maravilhosos de sol que me permitiram sair de casa bem cedinho e usar e abusar dos meus vestidos e saias de Inverno.

❇ Sou grata pelo Yoga, que entrou na minha vida e que me está a fazer um bem tremendo.

❇ Sou grata por mais um nível de Reiki concluído com sucesso.

❇ Sou grata por todos os livros que li e que me ensinaram, todos eles, algo de novo.

❇ Sou grata pelas pessoas que cruzaram o meu caminho, pessoas de bem, cheias de luz e de amor.

❇ Sou grata pela oportunidade de poder partilhar o pouco que sei com os outros.

❇ Sou grata pelo espírito de Natal que, mais do que nunca, tem invadido o meu coração.

❇ Sou grata pela oportunidade de poder tornar o Natal de uma criança mais feliz.

❇ Sou grata por ter redescoberto a capacidade de olhar as coisas com a magia da primeira vez.

❇ Sou grata pela casa que me acolhe, pela família que me ama, pelos meus amigos de quatro patas que me esperam no final de cada dia.

❇ Sou grata pela Vida que me ama e pela energia do Amor Incondicional que faz de mim uma pessoa melhor e mais feliz a cada dia que passa.




#

29 novembro, 2016

Be Zen | Meditação Da Árvore

A meditação faz parte do meu dia-a-dia há já mais de um ano. Comecei a meditar com o objectivo de acalmar a mente e reduzir a ansiedade que me consumia na altura. Hoje, não passo um só dia sem meditar. É o meu momento de conexão comigo mesma, com o meu coração, com a minha essência. São os meus minutos sagrados, em que só existo eu e o amor incondicional do Universo. Por norma, medito à noite, antes de me deitar. Quando tenho tempo, faço também uma pequena meditação de manhã, quando acordo, que consiste em estabelecer intenções para o meu dia e fazer algumas afirmações positivas [em breve também partilharei convosco essas meditações da manhã].
Meditar traz inúmeras vantagens à nossa vida. Além de reduzir os níveis de ansiedade e acalmar a mente, ajuda a regularizar os ciclos de sono, aumenta a capacidade de concentração, melhora a respiração e a circulação sanguínea e ajuda na conexão com a nossa essência.
Ainda há uma ideia errada associada à meditação. A maioria das pessoas pensa que meditar é ficar em posição de Lótus, com as mãos em Jnana Mudra, como vemos em várias imagens, e fazer ommmm sem pensar em nada. Não é que esteja errada esta ideia. Mas meditar não é bem isso. E qualquer pessoa consegue meditar, mesmo aqueles que têm a cabeça a mil e que dizem que não conseguem estar quietos. Basta estabelecerem essa intenção e tentar. É uma questão de hábito e quando começarem a sentir as mudanças no vosso interior e na vossa vida, não quererão outra coisa.
Hoje partilho convosco uma das minhas meditações preferidas e que fiz pela primeira vez no meu curso de Reiki I. É uma meditação muito simples e muito bonita. Espero que gostem e que a façam muitas vezes, se assim o desejarem.



Meditação da Árvore
Comecem por preparar o ambiente - podem acender umas velas ou incenso e colocar uma música suave;

Sentem-se ou deitem-se numa posição confortável [pernas esticadas, coluna alinhada, as mãos sobre o colo ou sobre as pernas com as palmas voltadas para cima] e fechem os olhos;

Comecem por fazer um pequeno exercício de respiração [inspirem profundamente, até não haver mais ar para entrar, sustenham o ar durante alguns segundos e expirem profundamente até não haver mais ar para sair; repitam este ciclo algumas vezes, até sentirem que o vosso corpo começa a relaxar];

Mantendo a concentração na respiração, agora normalizada e suave, sintam que todo o vosso corpo é invadido por uma luz brilhante e dourada, uma luz que aquece o corpo e que relaxa todos os músculos, desde o couro cabeludo até aos dedos dos pés; sintam todo o vosso corpo a ficar cada vez mais leve;

Agora visualizem uma árvore grande, verde e bonita, no meio de uma bonita paisagem;

Aproximem-se da árvore e dêem-lhe um abraço gigante; abracem a árvore com todo o vosso coração, como se fosse uma velha amiga que não viam há muito tempo; sintam nesse abraço a conexão com a Natureza e com o Universo;

Sintam que, aos poucos, se fundem com a árvore e passam a ser um só, vocês e a árvore; sintam a energia da árvore no vosso corpo e no vosso coração; sintam que também vocês são parte importante da Terra e do Universo;

Deixem-se ficar assim, conectados com a árvore, durante algum tempo, sentido a energia e a paz dessa conexão;

Aos poucos, comecem a sair da árvore; dêem-lhe um outro abraço de despedida;

Tragam a vossa consciência para o local onde se encontram;

Respirem fundo, mexam as mãos e os pés, devagar, sem pressas;

Quando se sentirem preparados, podem abrir os olhos e agradecer por esse momento de quietude e paz.



Espero que consigam fazer esta bonita meditação e que a mesma vos ajude. Namasté!
[Estou a pensar na possibilidade de gravar em áudio meditações guiadas para partilhar aqui. Digam-me o que acham dessa ideia, se seria útil e mais fácil. Podem também deixar sugestões de outros temas ou partilhas que gostassem de ver por cá.]



#

27 novembro, 2016

Serenidade

[Imagem retirada daqui]
Serenidade é uma das minhas palavras favoritas e um dos meus sentimentos favoritos. Diria até que é mais um estado de espírito, uma forma de estar na vida. Não é algo fácil de alcançar. Estar sereno, permanecer sereno, viver de forma serena é um desafio. Nem sempre os dias nos permitem manter esse estado de serenidade. Os altos e baixos, por vezes, fazem-nos sair desse sentimento tão maravilhoso.

Neste momento, sinto-me serena. Foi uma forma de estar na vida que me custou muito alcançar [e que ainda não alcancei na totalidade]. Serenidade é uma mistura de paz com certeza. Paz de espírito e a certeza de que está tudo no devido lugar. É viver cada dia, cada momento, sem ansiedades, desfrutando do presente, estando no aqui e agora. É aceitar, sentir e libertar. É trabalhar a bondade, não fazer mal nem deixar que nos façam mal. No fundo, é viver de coração aberto e em paz. É difícil de explicar por palavras a sensação de serenidade. Quando medito, essa sensação é ainda mais exacerbada, é algo quase utópico, uma paz interior tão grande que parece que nada no mundo me pode tirar desse estado. É quase como flutuar à superfície, sem deixar de ter em mente que estou neste mundo e que tenho uma missão a cumprir, sem pressas nem pressões.

Sim, serenidade é a minha palavra favorita e o estado de espírito que me aproxima mais daquilo que eu sou. Quando estou serena, sou mais eu, estou e sou mais conectada com o meu coração e com a minha essência. Quando estou serena, a vida flui, a energia vai e vem, o amor agiganta-se. E tudo corre bem. E tudo está bem.

[Aproveito e desejo-vos uma semana serena e recheada de amor.]




#