17 dezembro, 2015

Rezar


Quando era criança, rezava todos os dias com a minha avó. Nunca saía de casa sem rezarmos juntas. Não era nada de mais, apenas rezava ao meu anjo da guarda e pedia que aquele dia fosse bom. Depois a minha avó partiu e eu deixei de rezar. Não me fazia sentido fazê-lo sozinha. E assim foi durante muito, muito tempo. Há bem pouco tempo retomei esse hábito. Não rezo nenhuma oração. Apenas falo. Com Deus, com o Universo, com a Vida. Falo. Conto o que me entristece. Digo aquilo que quero muito. Confesso os meus desejos. E entrego nas mãos de Deus, do Universo ou da Vida essas minhas palavras de fé e esperança. E sinto-me bem. Enquanto me fizer sentido, enquanto me fizer bem, vou continuar a rezar.

12 comentários:

  1. Eu sou católica e rezo, rezo várias vezes ao dia. Mas sem qualquer fórmula. São desabafos, conversas com Deus.

    ResponderEliminar
  2. acho que fazes bem se isso te faz sentir bem

    gostei muito do teu blog, estou a seguir-te! segue-me também! :) beijinho

    ResponderEliminar
  3. Se te sentes bem com isso, força! Houve um tempo em que eu também fazia isso, mas também rezava orações, mas nunca mais o fiz.

    ResponderEliminar
  4. Se faz bem, só tens mesmo é que continuar. :)

    ResponderEliminar
  5. Por vezes também falo... principalmente com as pessoas que já partiram!

    ResponderEliminar
  6. antes de mais quero dizer-te que o teublog está incrivel e que passei a segui-lo!

    Depois, rezar é bom! A minha reza costuma ser escrita e não há nada que me liberte mais que isso!

    ResponderEliminar
  7. Se faz sentido só pode fazer bem!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. A mim não me diz nada, confesso, mas se a ti te diz e se te faz sentir bem, sem dúvida deves continuar a fazê-lo :)

    ResponderEliminar
  9. Eu não tenho religião, sou ateia, não creio em nada disso. Mas acho que a religião pode ser boa para as pessoas que fazem bom uso delas e que buscam nela uma paz interior e força que sozinhas se calhar não conseguiriam alcançar. Por isso se te faz bem, continua, crê e supera :) tudo!

    ps: fizeste-me lembrar dos anos em que vivi com a minha avó e ela me obrigava a rezar todas as noites com ela antes de ir dormir :p

    ResponderEliminar
  10. Às vezes também rezo... Não é sempre nem é nunca, é às vezes. É quando preciso mas não quando preciso de pedir, às vezes sinto que preciso de rezar e então rezo.

    ResponderEliminar