19 outubro, 2015

Ansiedade


Lutar contra a ansiedade não é fácil, nada fácil. Não se deixa de ser ansioso de um dia para o outro. Aliás, não se deixa de ser ansioso nunca. Aprende-se a controlar a ansiedade, a não lhe dar espaço, a não lhe dar força. Aprende-se a pensar de forma diferente, aprende-se a encarar o dia-a-dia de uma outra perspectiva. Aprende-se a retirar da vida e dos dias o melhor. A ansiedade vai continuar lá. Vai manifestar-se quando estamos mais frágeis. Vai querer, não raras vezes, assumir o comando. O importante é não deixar, é tentar ser mais forte e controlar. Se ela estiver controlada, tudo o resto irá fluir de acordo com o compasso da vida.

7 comentários:

  1. Este post fez-me lembrar de coisas em que não pensava há que tempos... Tive o que agora percebo ter sido ansiedade severa durante o meu mestrado, ao ponto de no último ano ter deixado de ir às aulas. Eu chamava-lhe timidez ou vergonha mas não fazia sentido porque não sou tímida per se. Quando percebi o que era aprendi a controlar melhor, o truque é ir ganhando confiança nas coisas que nos causam ansiedade. Mas é mesmo limitador.

    ResponderEliminar
  2. Concordo tanto com este post. O importante é nunca desistir de fazer algo por nós, é nunca deixar a ansiedade vencer.

    ResponderEliminar
  3. E é tão difícil controlar a ansiedade. Eu bem sei. Mas com muita força de vontade vai-se conseguindo! :)
    The Girl In Jeans * Facebook * Instagram * Google+

    ResponderEliminar
  4. Como eu me identifico!! Eu tenho medicação para tomar em caso de emergência. Sou um bocado paranóica e dada a fazer tempestades em copos de água. Tenho feito balance e quando noto que estou mais nervosa só bebo chá de camomila e deixo o café e o chocolate de lado. Antes sonos que ataques de pânico e que começo a ver tudo escuro e a hiperventilar. As melhoras!!

    ResponderEliminar
  5. Verdade, mas quando nos habituamos a fazer isso vai sendo cada vez mais fácil e natural!
    Temos é que saber que de vez em quando vai acontecer mas é normal que aconteça, o dia à dia é stressante mesmo não há como não acontecer de vez em quando mas há muita coisa que podemos fazer para minimizar os efeitos :)
    Bj S

    ResponderEliminar